A República Tcheca é um destes casos em que a capital é mais famosa que o próprio país. Todo mundo vai, conhece e ama Praga, e poucos se lembram do resto do país. Mas o fato é que, aparte esta cidade que é mesmo uma das mais lindas do mundo, a República Tcheca tem muitas outras atrações. Mas primeiras coisas primeiro.

Praga

Um filósofo já disse: quanto mais apelidos uma cidade tem, mais linda ela é. E Praga tem muitos. “A cidade dourada”; “A cidade das cem torres” (mentira, são mais de 600); “ Uma senhora de garras” (esta é de Kafka); “A Paris do Leste Europeu” – esta uma dupla mentira: Paris é outra coisa, e Praga fica no centro da Europa, e não no leste.

Alcunhas à parte, Praga não é uma cidade para ser vista na correria. Ela tem que ser desfrutada. Porque ela tem atrações, sim, mas entre as atrações há várias centenas de mini-atrações como palácios, palacetes, teatros, edifícios históricos, pontes, cafés, galerias... E leve um tênis confortável, porque em Praga a maior parte do passeio é a pé. O Centro Histórico, onde está a maioria das atrações, não admite carros em suas belas ruas de pedra. Por elas transitam apenas os bondes, que dão um charme adicional a cenografia local.

Se você quer realmente conhecer Praga, reserve pelo menos três dias para fazer os tours clássicos:

Dia 1 – Lado esquerdo do rio Vltava (que felizmente tem o nome latino de Moldava) – Nesta margem está o Castelo de Praga, registrado no Guiness como maior construção de origem medieval em todo mundo. Mas não espere um castelo tipo da Cinderela. O Castelo de Praga é, na verdade, um conjunto de edificações, palácios, igrejas, jardins, masmorras, museus. A principal construção é a Catedral de São Vito, em estilo gótico, porém com o topo da torre em barroco renascentista. Atrás do Castelo está o bairro de Hradcany (traduzindo Bairro do Castelo), o mais elegante e nobre de Praga. Museus e palacetes incluídos, assim como a Biblioteca de Strahov, com dois salões que invariavelmente fazem cair o queixo.
Entre o Castelo e o rio Moldava está outro bairro, chamado Malá Strana (o bairro pequeno). Nesta região moravam os nobres da corte e, por isso, é normal encontrar palacetes e jardins. Destaque para os Jardins de Wallenstein, a Basílica de São Nicolas com sua cúpula esverdeada e – para os devotos – a igreja de Nossa Senhora Vitoriosa com a imagem do Menino Jesus de Praga.

Dia 2 – Lado direito do Moldava – aqui está a praça da Cidade Velha e o famoso Relógio Astronômico (a cada hora cheia, das 9h as 21h, um pequeno espetáculo se repete... há 600 anos). Na mesma praça está a Catedral de Tyn, com suas torres negras. E da praça se alcança o bairro judeu, ao norte, e a Cidade Nova, ao sul. O primeiro tem seis sinagogas, algumas com mais de cinco séculos, e o impressionante cemitério, e suas incontáveis lápides. Já a Cidade Nova é o centro comercial e político da cidade, e onde se encontra de tudo – bares, restaurantes, lojas, casas de câmbio, baladas... E mais monumentos, como a Casa Municipal, a Torre da Pólvora e a emblemática Praça Venceslau, palco da Primavera de Praga e da Revolução de Veludo.

Dia 3 – Passeios fora do centro – algumas opções interessantes são Vysehrad, um parque no lugar onde Praga nasceu; Troja, um palácio renascentista em plena cidade; o Jardim Zoológico... Ou, se preferir, aproveite o dia para um bis dos melhores momentos.

Cruzando o Rio

A foto clássica de Praga é o rio Moldava e suas pontes. E não é por acaso, as pontes costumam ser lindas. Mas uma, em especial, é a mais famosa e mais procurada: a Ponte Carlos. Construída pelo imperador homônimo em 1354, é toda feita em pedra. Possui pórticos em ambas as extremidades e trinta estátuas enfeitam seus pilares. De quebra, liga o coração de Malá Strana à entrada da Cidade Velha. É ponto de inúmeros artistas de rua, pintores, músicos e muitos turistas. Mas é imperdível.

Não fala tcheco? Bez problemu!

Se você não fala tcheco – e provavelmente não fala – sem problemas! Os tchecos sabem que seu idioma é muito restrito. Na verdade, só tchecos falam tcheco. Então, ninguém espera que um turista na República Tcheca fale esse idioma. Você pode ser entendido em alemão ou russo (com os mais velhos) ou inglês e espanhol (com os mais novos). E existem vários guias que falam português.
Claro que se você souber falar alguma coisa em tcheco vai acabar surpreendendo seu anfitrião. Aqui vai uma listinha para treinar.

Bom dia (saudação para qualquer hora do dia) = Dobry Den (dobri-den)
Boa noite (saudação para após o pôr-do-sol) = Dobry Vecer (dobre-vetcher)
Obrigado = Dekuji (diecuí)
Por favor = Prosím (prosím)
Como vai você? = Jak se máte? (iák se mate?)
Até logo = Na shaledanou (nas-raledanu)
Oi ou tchau (informal) = Ahoj (arrôi)

Economize com a coroa tcheca

Apesar de estar na Comunidade Européia, a República Tcheca não adotou o Euro como moeda, mantendo a milenar Coroa Tcheca. E isso é uma boa notícia, já que com isso o custo de vida é mais barato que em outras capitais do continente. Vale para tudo: hotéis, comida, passeios, transporte... Em média 20% menos que em cidades como Paris ou Madri.
Mas, se preferir, o Euro é largamente aceito no comércio e nos locais turísticos. O troco, porém, pode vir em Coroas.

A mais famosa das loiras tchecas – a cerveja!

Olhe qualquer latinha de cerveja. Vai encontrar a inscrição “Cerveja Pilsen” ou “tipo Pilsen”.  Pois Pilsen é uma cidade tcheca, a 90 km de Praga onde, pela primeira vez, se preparou a cerveja tal como nós a concebemos: loira e deliciosa. A fábrica está lá, e aberta a visitas.
E cerveja é um assunto muito sério na República Tcheca. E também muito divertido. Toda cidadezinha tem sua marca de preferência e vai jurar que é a melhor do país e quiçá do mundo. E podem estar certos. De qualquer forma, é normal ver dois executivos bebendo um canecão de cerveja às 11 horas da manhã de uma terça-feira. Ou uma velhinha virando o caneco com as amigas no meio da tarde. Cerveja por lá é mais barata que Coca-cola. Mais barata até do que água mineral.

Vai um castelo aí?

Se você gosta de castelos, encontrou seu país. A República Tcheca tem inúmeros. Desde estilo medieval até neoclássico passando pelo inevitável barroco. Um dos mais belos é o castelo renascentista de Cesky Krumlov, a 170 km ao sul de Praga. Este castelo rivalizava com o de Praga, em beleza e importância. E hoje possui um estupendo acervo de arte e mobiliário antigos.
E Cesky Krumlov é uma atração à parte. Porque ao redor do castelo estão 300 edifícios históricos, todos do Renascimento, mas completamente preservados. E nestes edifícios estão os hotéis, as lojas, os museus... Caminhar em Cesky Krumlov é voltar no tempo – mas com uma câmera digital na mão!

Outros castelos imperdíveis, além do de Praga e Cesky Krumlov:
- Karlstejn
- Loket
- Kinopieste
- Spilberk (em Brno)

Água mineral e Goethe

No oeste da República Tcheca está o chamado “Triângulo dos Balneários” – três cidades termais do tempo do império Austro-Húngaro. A mais famosa é Karlovy Vary (traduzindo “Os banhos de Carlos”). Possui doze fontes públicas de águas termais, mornas e levemente salgadas, mas sem enxofre e seu cheiro característico. Ok, ninguém vai do Brasil para Karlovy Vary só para beber água... o barato de Karlovy Vary e suas irmãs Marianske Lazne e Frantiskovy Lazne é o ambiente imperial. Estas cidades eram todas destinos de férias da realeza austríaca e Vips do século 19. Gente como  a imperatriz Sissi, rei Eduardo da Inglaterra, czar Pedro da Rússia, e figurões como Schilling, Beethoven, Goethe... Para receber toda essa turma, as cidades termais ficaram chiques, elegantes, sofisticadas. E estão assim até hoje.

Destino de cinema

Você certamente já viu muitos filmes que foram rodados na República Tcheca. Muitos deles se fazendo passar por outros lugares do mundo – Paris, Viena, Berlim, Munique, Budapeste, Moscou...  Veja uma relação de filmes famosos e seus cenários tchecos:
Missão Impossível (1 e 4) – Praga
007 Cassino Royale – Karlovy Vary
O Ilusionista – Cesky Krumlov, Kinopieste e Praga
As Crônicas de Nárnia – Cesky Raj
A Liga Extraordinária – Praga
As Férias de Minha Vida – Karlovy Vary
Eu e meu guarda-chuva – Praga
O Procurado – Praga
Identidade Bourne – Praga
Triplo X – Praga
O Albergue – Praga


Solicite uma chamadda
de nossos especialistas!
Podemos ajudá-lo?
Faça uma solicitação!
Outras Localidades
0800-777-804922
São Paulo
Tel:(11) 4504-4544


Consulte abaixo alguns de nossos roteiros:

9 Dias 8 Noites
Melodias do Danúbio - Concerto André Rieu - Bloqueio
Partida a 6 de novembro 2024
13 Dias 10 Noites
Leste Europeu ao seu alcance - Com guia em Português!
Partida a 25 de setembro 2024
17 Dias 16 Noites
As Pérolas de Eslovênia, Bósnia e Croácia - Início em Praga
Partidas de 12 de setembro 2024 a 10 de outubro 2024
8 Dias 7 Noites
As Mais Belas Cidades da Europa Central
Partidas de 29 de junho 2024 a 12 de outubro 2024
13 Dias 10 Noites
Leste Europeu ao seu alcance - Com guia em espanhol
Partidas de 10 de julho 2024 a 9 de outubro 2024
9 Dias 8 Noites
Capitais Imperiais HOT DEAL
Partidas de 24 de julho 2024 a 25 de setembro 2024
9 Dias 8 Noites
Capitais Imperiais ao seu alcance - Guia em Português
Partidas de 3 de julho 2024 a 25 de setembro 2024
9 Dias 8 Noites
Mercados de Natal com show Andrea Bocelli - Bloqueio
Partida a 16 de novembro 2024
8 Dias 7 Noites
Republica Tcheca - Castelos e Balneários de Bohemia & Moravia
Partidas de 29 de junho 2024 a 21 de setembro 2024
9 Dias 8 Noites
Capitais Imperiais ao seu alcance - Guia em Espanhol
Partidas de 10 de julho 2024 a 9 de outubro 2024