Circuito ESENCIAS DEL RAJASTHAN Y NEPAL - EXCLUSIVO SPECIAL TOURS

ESENCIAS DEL RAJASTHAN Y NEPAL - EXCLUSIVO SPECIAL TOURS

Partidas de 10 de junho 2022 a 24 de fevereiro 2023
Dias
1
  • New Delhi
  • Chegada em Delhi. Recepção e traslado ao hotel. Acomodaçao.
    Nota:
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quarta-Feira, Domingo, o percurso será:Chegada em Delhi. Recepção e traslado ao hotel. Acomodaçao.
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Chegada em Delhi. Recepção e traslado ao hotel. Acomodaçao.
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Chegada em Delhi. Recepção e traslado ao hotel. Acomodaçao.
2
  • New Delhi
  • Café da manhã. Visita da cidade começando pelo Templo de Água Agrasen Ki Baoli, monumento arqueológico de importância nacional; o Dhobi Ghat, lugar onde vive e trabalha a comunidade dos tradicionais lavadeiros de roupa; continuação pelo Qutab Minar ou Torre da Vitória, do século XII. Visitaremos um Templo Sikh, e o templo hindu Birla, inaugurado pelo Mahatma Gandhi. Continuamos à Velha Délhi Teremos uma vista panorâmica do Forte Vermelho de caminho à Jama Masjid, a maior mesquita da Índia, que dos seus degraus se tem uma magnífica vista panorâmica da Velha Délhi. Almoço no restaurante local. Pela tarde, visita a Porta da Índia e percurso pela área dos edifícios governamentais onde se encontram o Palácio Presidencial e o Parlamento. Visita de Gandhi Smriti (também conhecida como Birla House), a casa onde Mahatma Gandhi viveu os últimos 144 dias de sua vida (às segundas-feiras se visitará Raj Ghat, o monumento em memória de Mahatma Gandhi). Regresso ao hotel. Jantar e Acomodação.
    Nota:
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quarta-Feira, Domingo, o percurso será:Café da manhã. Traslado ao aeroporto para pegar o avião para Udaipur, no estado desértico de Rajastán. Udaipur, capital do antigo reinado de Mewar, governado pela dinastia Sisodia, com seus lagos artificiais e os canais que os conectam, se apresentam como um oásis dentro deste deserto. Chegada e traslado. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Visita da cidade começando pelo Templo de Água Agrasen Ki Baoli, monumento arqueológico de importância nacional; o Dhobi Ghat, lugar onde vive e trabalha a comunidade dos tradicionais lavadeiros de roupa; continuação pelo Qutab Minar ou Torre da Vitória, do século XII. Visitaremos um Templo Sikh, e o templo hindu Birla, inaugurado pelo Mahatma Gandhi. Continuamos à Velha Délhi Teremos uma vista panorâmica do Forte Vermelho de caminho à Jama Masjid, a maior mesquita da Índia, que dos seus degraus se tem uma magnífica vista panorâmica da Velha Délhi. Almoço no restaurante local. Pela tarde, visita a Porta da Índia e percurso pela área dos edifícios governamentais onde se encontram o Palácio Presidencial e o Parlamento. Visita de Gandhi Smriti (também conhecida como Birla House), a casa onde Mahatma Gandhi viveu os últimos 144 dias de sua vida (às segundas-feiras se visitará Raj Ghat, o monumento em memória de Mahatma Gandhi). Regresso ao hotel. Jantar e Acomodação.
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Traslado ao aeroporto para pegar o avião para Udaipur, no estado desértico de Rajastán. Udaipur, capital do antigo reinado de Mewar, governado pela dinastia Sisodia, com seus lagos artificiais e os canais que os conectam, se apresentam como um oásis dentro deste deserto. Chegada e traslado. Jantar e Acomodação
3
  • New Delhi, Udaipur
  • Café da manhã. Traslado ao aeroporto para pegar o avião para Udaipur, no estado desértico de Rajastán. Udaipur, capital do antigo reinado de Mewar, governado pela dinastia Sisodia, com seus lagos artificiais e os canais que os conectam, se apresentam como um oásis dentro deste deserto. Chegada e traslado. Jantar e Acomodação
    Nota:
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quarta-Feira, Domingo, o percurso será:Café da manhã. Saída pela estrada para visitar Ranakpur, complexo de templos jainistas, que deve seu nome a Rana Kumbha que, no século XV, cedeu uma grande extensão de terreno ao comerciante abastado Dharna Sah para a construção dos templos. Visita do templo de Adinath, o maior e mais belo da Índia, construído de mármore branco, considerado um dos mais espetaculares. Almoço e resto da tarde livre. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Traslado ao aeroporto para pegar o avião para Udaipur, no estado desértico de Rajastán. Udaipur, capital do antigo reinado de Mewar, governado pela dinastia Sisodia, com seus lagos artificiais e os canais que os conectam, se apresentam como um oásis dentro deste deserto. Chegada e traslado. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída pela estrada para visitar Ranakpur, complexo de templos jainistas, que deve seu nome a Rana Kumbha que, no século XV, cedeu uma grande extensão de terreno ao comerciante abastado Dharna Sah para a construção dos templos. Visita do templo de Adinath, o maior e mais belo da Índia, construído de mármore branco, considerado um dos mais espetaculares. Almoço e resto da tarde livre. Jantar e Acomodação
4
  • Udaipur
  • Café da manhã. Saída pela estrada para visitar Ranakpur, complexo de templos jainistas, que deve seu nome a Rana Kumbha que, no século XV, cedeu uma grande extensão de terreno ao comerciante abastado Dharna Sah para a construção dos templos. Visita do templo de Adinath, o maior e mais belo da Índia, construído de mármore branco, considerado um dos mais espetaculares. Almoço e resto da tarde livre. Jantar e Acomodação
    Nota:
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quarta-Feira, Domingo, o percurso será:Café da manhã. Saída pela estrada para o norte de Udaipur para visitar Ekliing ji e Nagda, complexo composto por um templo dedicado a Shiva e 108 santuários. Retorno para Udaipur para visitar o Palácio dos marajás, sobre uma pequena colina, nas margens do Lago Pichola. Dentro do palácio, agora convertido em Museu da cidade, é um labirinto de pátios, terraços, galerias, jardins, etc., com fachadas ricamente decoradas com incrustações de espelhos, e algumas de suas galerias com belas pinturas. Continuação para visitar o Jardim das Damas de Honra (Sehellon Ki Bari), um jardim ornamental localizado no segundo grande lago de Udaipur, Fateh Sagar, construído para uma princesa e foi usado como um lugar de descanso e passeio para senhoras tribunal. É um enorme jardim com quiosques e elefantes esculpidos em mármore branco, quatro lagos e inúmeras fontes. Alguns dos jatos vêm diretamente do chão. Em seguida, visita do Templo Jagdish, construído por Jagat Sinh I em 1651 e exemplo da arquitetura indo-ariana. Mais tarde, teremos um passeio de barco no Lago Pichola. Jantar e Acomodação.
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída pela estrada para visitar Ranakpur, complexo de templos jainistas, que deve seu nome a Rana Kumbha que, no século XV, cedeu uma grande extensão de terreno ao comerciante abastado Dharna Sah para a construção dos templos. Visita do templo de Adinath, o maior e mais belo da Índia, construído de mármore branco, considerado um dos mais espetaculares. Almoço e resto da tarde livre. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída pela estrada para o norte de Udaipur para visitar Ekliing ji e Nagda, complexo composto por um templo dedicado a Shiva e 108 santuários. Retorno para Udaipur para visitar o Palácio dos marajás, sobre uma pequena colina, nas margens do Lago Pichola. Dentro do palácio, agora convertido em Museu da cidade, é um labirinto de pátios, terraços, galerias, jardins, etc., com fachadas ricamente decoradas com incrustações de espelhos, e algumas de suas galerias com belas pinturas. Continuação para visitar o Jardim das Damas de Honra (Sehellon Ki Bari), um jardim ornamental localizado no segundo grande lago de Udaipur, Fateh Sagar, construído para uma princesa e foi usado como um lugar de descanso e passeio para senhoras tribunal. É um enorme jardim com quiosques e elefantes esculpidos em mármore branco, quatro lagos e inúmeras fontes. Alguns dos jatos vêm diretamente do chão. Em seguida, visita do Templo Jagdish, construído por Jagat Sinh I em 1651 e exemplo da arquitetura indo-ariana. Mais tarde, teremos um passeio de barco no Lago Pichola. Jantar e Acomodação.
5
  • Udaipur
  • Café da manhã. Saída pela estrada para o norte de Udaipur para visitar Ekliing ji e Nagda, complexo composto por um templo dedicado a Shiva e 108 santuários. Retorno para Udaipur para visitar o Palácio dos marajás, sobre uma pequena colina, nas margens do Lago Pichola. Dentro do palácio, agora convertido em Museu da cidade, é um labirinto de pátios, terraços, galerias, jardins, etc., com fachadas ricamente decoradas com incrustações de espelhos, e algumas de suas galerias com belas pinturas. Continuação para visitar o Jardim das Damas de Honra (Sehellon Ki Bari), um jardim ornamental localizado no segundo grande lago de Udaipur, Fateh Sagar, construído para uma princesa e foi usado como um lugar de descanso e passeio para senhoras tribunal. É um enorme jardim com quiosques e elefantes esculpidos em mármore branco, quatro lagos e inúmeras fontes. Alguns dos jatos vêm diretamente do chão. Em seguida, visita do Templo Jagdish, construído por Jagat Sinh I em 1651 e exemplo da arquitetura indo-ariana. Mais tarde, teremos um passeio de barco no Lago Pichola. Jantar e Acomodação.
    Nota:
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quarta-Feira, Domingo, o percurso será:Café da manhã. Traslado ao aeroporto para pegar o avião para Jaipur. Chegada e traslado para um restaurante local para almoçar. Saída para Jaipur, capital do estado de Rajastán, que foi construída no século XVIII pelo marajá Jai Singh II. Seu comercio florescente e suas indústrias de tecidos e joalheria, entre outros, fazem de Jaipur uma cidade prospera. No caminho, faremos uma parada para um almoço no antigo palácio Deogarh Mahal. Continuação para Jaipur, chamada de a “Cidade Rosa”, pela cor das suas casas. Pela tarde, saída para conhecer um templo hindu, onde poderemos assistir à cerimônia AARTI. Em sânscrito significa dissipador da escuridão. Após a cerimônia, traslado para o Palácio Narain Niwas para jantar e assistir a um show de dança típica de Rajastán. Retorno ao hotel e acomodação.
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída pela estrada para o norte de Udaipur para visitar Ekliing ji e Nagda, complexo composto por um templo dedicado a Shiva e 108 santuários. Retorno para Udaipur para visitar o Palácio dos marajás, sobre uma pequena colina, nas margens do Lago Pichola. Dentro do palácio, agora convertido em Museu da cidade, é um labirinto de pátios, terraços, galerias, jardins, etc., com fachadas ricamente decoradas com incrustações de espelhos, e algumas de suas galerias com belas pinturas. Continuação para visitar o Jardim das Damas de Honra (Sehellon Ki Bari), um jardim ornamental localizado no segundo grande lago de Udaipur, Fateh Sagar, construído para uma princesa e foi usado como um lugar de descanso e passeio para senhoras tribunal. É um enorme jardim com quiosques e elefantes esculpidos em mármore branco, quatro lagos e inúmeras fontes. Alguns dos jatos vêm diretamente do chão. Em seguida, visita do Templo Jagdish, construído por Jagat Sinh I em 1651 e exemplo da arquitetura indo-ariana. Mais tarde, teremos um passeio de barco no Lago Pichola. Jantar e Acomodação.
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Traslado ao aeroporto para pegar o avião para Jaipur. Chegada e traslado para um restaurante local para almoçar. Saída para Jaipur, capital do estado de Rajastán, que foi construída no século XVIII pelo marajá Jai Singh II. Seu comercio florescente e suas indústrias de tecidos e joalheria, entre outros, fazem de Jaipur uma cidade prospera. No caminho, faremos uma parada para um almoço no antigo palácio Deogarh Mahal. Continuação para Jaipur, chamada de a “Cidade Rosa”, pela cor das suas casas. Pela tarde, saída para conhecer um templo hindu, onde poderemos assistir à cerimônia AARTI. Em sânscrito significa dissipador da escuridão. Após a cerimônia, traslado para o Palácio Narain Niwas para jantar e assistir a um show de dança típica de Rajastán.
6
  • Jaipur, Udaipur
  • Café da manhã. Traslado ao aeroporto para pegar o avião para Jaipur. Chegada e traslado para um restaurante local para almoçar. Saída para Jaipur, capital do estado de Rajastán, que foi construída no século XVIII pelo marajá Jai Singh II. Seu comercio florescente e suas indústrias de tecidos e joalheria, entre outros, fazem de Jaipur uma cidade prospera. No caminho, faremos uma parada para um almoço no antigo palácio Deogarh Mahal. Continuação para Jaipur, chamada de a “Cidade Rosa”, pela cor das suas casas. Pela tarde, saída para conhecer um templo hindu, onde poderemos assistir à cerimônia AARTI. Em sânscrito significa dissipador da escuridão. Após a cerimônia, traslado para o Palácio Narain Niwas para jantar e assistir a um show de dança típica de Rajastán. Retorno ao hotel e acomodação.
    Nota:
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quarta-Feira, Domingo, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, excursão ao Forte Amber em jeep, visita dos aposentos e vestíbulos do palácio, os quais são famosos pela beleza de seu desenho e decoração. A entrada principal do Palácio de Amber é impressionante: decorada com motivos florais, com o Deus-elefante Ganesh sobre a porta, e com grandes janelas de grade de pedra, de onde as mulheres podiam ver sem ser vistas. O interior do palácio também é muito belo, com seus muros decorados com pequenos espelhos incrustados, motivo deste ser chamado de Sheesh Mahal, o Palácio dos Espelhos. Pela tarde visita do observatório de Jantar Mantar, construído em 1700 e que até hoje parece futurista, do Palácio da Cidade ou Palácio do Marajá, do Hawa Mahal ou Palácio dos Ventos, com sua majestosa fachada em rosa e branco e com seus numerosos mirantes repletos com quase mil janelas e janelas de rótula para poder observar o exterior sem ser visto. Jantar e Acomodação.
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Traslado ao aeroporto para pegar o avião para Jaipur. Chegada e traslado para um restaurante local para almoçar. Saída para Jaipur, capital do estado de Rajastán, que foi construída no século XVIII pelo marajá Jai Singh II. Seu comercio florescente e suas indústrias de tecidos e joalheria, entre outros, fazem de Jaipur uma cidade prospera. No caminho, faremos uma parada para um almoço no antigo palácio Deogarh Mahal. Continuação para Jaipur, chamada de a “Cidade Rosa”, pela cor das suas casas. Pela tarde, saída para conhecer um templo hindu, onde poderemos assistir à cerimônia AARTI. Em sânscrito significa dissipador da escuridão. Após a cerimônia, traslado para o Palácio Narain Niwas para jantar e assistir a um show de dança típica de Rajastán. Retorno ao hotel e acomodação.
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, excursão ao Forte Amber em jeep, visita dos aposentos e vestíbulos do palácio, os quais são famosos pela beleza de seu desenho e decoração. A entrada principal do Palácio de Amber é impressionante: decorada com motivos florais, com o Deus-elefante Ganesh sobre a porta, e com grandes janelas de grade de pedra, de onde as mulheres podiam ver sem ser vistas. O interior do palácio também é muito belo, com seus muros decorados com pequenos espelhos incrustados, motivo deste ser chamado de Sheesh Mahal, o Palácio dos Espelhos. Pela tarde visita do observatório de Jantar Mantar, construído em 1700 e que até hoje parece futurista, do Palácio da Cidade ou Palácio do Marajá, do Hawa Mahal ou Palácio dos Ventos, com sua majestosa fachada em rosa e branco e com seus numerosos mirantes repletos com quase mil janelas e janelas de rótula para poder observar o exterior sem ser visto. Jantar e Acomodação.
7
  • Jaipur
  • Café da manhã. Pela manhã, excursão ao Forte Amber em jeep, visita dos aposentos e vestíbulos do palácio, os quais são famosos pela beleza de seu desenho e decoração. A entrada principal do Palácio de Amber é impressionante: decorada com motivos florais, com o Deus-elefante Ganesh sobre a porta, e com grandes janelas de grade de pedra, de onde as mulheres podiam ver sem ser vistas. O interior do palácio também é muito belo, com seus muros decorados com pequenos espelhos incrustados, motivo deste ser chamado de Sheesh Mahal, o Palácio dos Espelhos. Pela tarde visita do observatório de Jantar Mantar, construído em 1700 e que até hoje parece futurista, do Palácio da Cidade ou Palácio do Marajá, do Hawa Mahal ou Palácio dos Ventos, com sua majestosa fachada em rosa e branco e com seus numerosos mirantes repletos com quase mil janelas e janelas de rótula para poder observar o exterior sem ser visto. Jantar e Acomodação.
    Nota:
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quarta-Feira, Domingo, o percurso será:Desayuno. Salida por carretera a Agra, en ruta visitaremos la localidad de Abhaneri que guarda una de las maravillas escondidas de la India, con el pozo escalonado Chand Baori y el templo de Harsha Mata dedicado al dios Vishnu. Almuerzo en Aagman Camp. A continuación, salida Fatehpur Sikri, capital imperial y última ciudad construida por Akbar. Continuación hasta Agra, llegada al hotel y check in. Cena y alojamiento.
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, excursão ao Forte Amber em jeep, visita dos aposentos e vestíbulos do palácio, os quais são famosos pela beleza de seu desenho e decoração. A entrada principal do Palácio de Amber é impressionante: decorada com motivos florais, com o Deus-elefante Ganesh sobre a porta, e com grandes janelas de grade de pedra, de onde as mulheres podiam ver sem ser vistas. O interior do palácio também é muito belo, com seus muros decorados com pequenos espelhos incrustados, motivo deste ser chamado de Sheesh Mahal, o Palácio dos Espelhos. Pela tarde visita do observatório de Jantar Mantar, construído em 1700 e que até hoje parece futurista, do Palácio da Cidade ou Palácio do Marajá, do Hawa Mahal ou Palácio dos Ventos, com sua majestosa fachada em rosa e branco e com seus numerosos mirantes repletos com quase mil janelas e janelas de rótula para poder observar o exterior sem ser visto. Jantar e Acomodação.
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída para Agra, visitando no caminho Abhaneri e seus monumentos medievais dos rajputs como o Chand Baori e o Templo de Harshat Mata dedicado ao deus Vishnú. Continuaremos para Fatehpur Sikri, cidade desértica de areia vermelha, construída pelo Imperador Akbar como sua capital e Palácio no século XVI. Chegada em Agra e almoço. Visita do monumento arquitectónico mais famoso do mundo, o Taj Mahal, construido entre 1.631 e 1.654 a orlas do rio Yamuna, pelo imperador muçulmano Shah Jahan em honra de sua esposa favorita, Arjumand Bano Begum, mais conhecida como Mumtaz Mahal. Jantar e Acomodação.
8
  • Jaipur, Agra, Fatehpur Sikri
  • Desayuno. Salida por carretera a Agra, en ruta visitaremos la localidad de Abhaneri que guarda una de las maravillas escondidas de la India, con el pozo escalonado Chand Baori y el templo de Harsha Mata dedicado al dios Vishnu. Almuerzo en Aagman Camp. A continuación, salida Fatehpur Sikri, capital imperial y última ciudad construida por Akbar. Continuación hasta Agra, llegada al hotel y check in. Cena y alojamiento.
    Nota:
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quarta-Feira, Domingo, o percurso será:Muito temporão na manhã, visita do monumento arquitectónico mais famoso do mundo, o Taj Mahal, construido entre 1.631 e 1.654 a orlas do rio Yamuna, pelo imperador muçulmano Shah Jahan em honra de sua esposa favorita, Arjumand Bano Begum, mais conhecida como Mumtaz Mahal. Regresso ao hotel para tomar o Café da manhã. Visita de Agra, incluindo o Forte Vermelho, construído em pedra de arenito vermelha pelo imperador mongol Akbar entre 1.565 e 1.573. Trata-se de um recinto amurallado que encerra em seu interior um impressionante conjunto de palácios e edificios señoriales. Continuamos nossa visita com o Mausoleo de Itimad-Ud-Daulah, conhecido como “o pequeño Taj”, construído entre 1.622 e 1.628 na orla direita do rio Yamuna. Saída para Nova Déli pela estrada. No caminho, parada no templo hindu de Akshardham, com mais de 20000 figuras e motivos florais, animais, divindades hindus e com decoração de ouro. Chegada em Nova Délhi. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Saída para Agra, visitando no caminho Abhaneri e seus monumentos medievais dos rajputs como o Chand Baori e o Templo de Harshat Mata dedicado ao deus Vishnú. Continuaremos para Fatehpur Sikri, cidade desértica de areia vermelha, construída pelo Imperador Akbar como sua capital e Palácio no século XVI. Chegada em Agra e almoço. Visita do monumento arquitectónico mais famoso do mundo, o Taj Mahal, construido entre 1.631 e 1.654 a orlas do rio Yamuna, pelo imperador muçulmano Shah Jahan em honra de sua esposa favorita, Arjumand Bano Begum, mais conhecida como Mumtaz Mahal. Jantar e Acomodação.
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Visita de Agra, incluindo o Forte Vermelho, construído em pedra de arenito vermelha pelo imperador mongol Akbar entre 1.565 e 1.573. Trata-se de um recinto amurallado que encerra em seu interior um impressionante conjunto de palácios e edificios señoriales. Continuamos nossa visita com o Mausoleo de Itimad-Ud-Daulah, conhecido como “o pequeño Taj”, construído entre 1.622 e 1.628 na orla direita do rio Yamuna. Saída para Nova Déli pela estrada. No caminho, parada no templo hindu de Akshardham, com mais de 20000 figuras e motivos florais, animais, divindades hindus e com decoração de ouro. Chegada em Nova Délhi. Jantar e Acomodação
9
  • New Delhi, Agra
  • Muito temporão na manhã, visita do monumento arquitectónico mais famoso do mundo, o Taj Mahal, construido entre 1.631 e 1.654 a orlas do rio Yamuna, pelo imperador muçulmano Shah Jahan em honra de sua esposa favorita, Arjumand Bano Begum, mais conhecida como Mumtaz Mahal. Regresso ao hotel para tomar o Café da manhã. Visita de Agra, incluindo o Forte Vermelho, construído em pedra de arenito vermelha pelo imperador mongol Akbar entre 1.565 e 1.573. Trata-se de um recinto amurallado que encerra em seu interior um impressionante conjunto de palácios e edificios señoriales. Continuamos nossa visita com o Mausoleo de Itimad-Ud-Daulah, conhecido como “o pequeño Taj”, construído entre 1.622 e 1.628 na orla direita do rio Yamuna. Saída para Nova Déli pela estrada. No caminho, parada no templo hindu de Akshardham, com mais de 20000 figuras e motivos florais, animais, divindades hindus e com decoração de ouro. Chegada em Nova Délhi. Jantar e Acomodação
    Nota:
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quarta-Feira, Domingo, o percurso será:Café da manhã. Visita da cidade começando pelo Templo de Água Agrasen Ki Baoli, monumento arqueológico de importância nacional; o Dhobi Ghat, lugar onde vive e trabalha a comunidade dos tradicionais lavadeiros de roupa; continuação pelo Qutab Minar ou Torre da Vitória, do século XII. Visitaremos um Templo Sikh, e o templo hindu Birla, inaugurado pelo Mahatma Gandhi. Continuamos à Velha Délhi Teremos uma vista panorâmica do Forte Vermelho de caminho à Jama Masjid, a maior mesquita da Índia, que dos seus degraus se tem uma magnífica vista panorâmica da Velha Délhi. Almoço no restaurante local. Pela tarde, visita a Porta da Índia e percurso pela área dos edifícios governamentais onde se encontram o Palácio Presidencial e o Parlamento. Visita de Gandhi Smriti (também conhecida como Birla House), a casa onde Mahatma Gandhi viveu os últimos 144 dias de sua vida (às segundas-feiras se visitará Raj Ghat, o monumento em memória de Mahatma Gandhi). Regresso ao hotel. Jantar e Acomodação.
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Visita de Agra, incluindo o Forte Vermelho, construído em pedra de arenito vermelha pelo imperador mongol Akbar entre 1.565 e 1.573. Trata-se de um recinto amurallado que encerra em seu interior um impressionante conjunto de palácios e edificios señoriales. Continuamos nossa visita com o Mausoleo de Itimad-Ud-Daulah, conhecido como “o pequeño Taj”, construído entre 1.622 e 1.628 na orla direita do rio Yamuna. Saída para Nova Déli pela estrada. No caminho, parada no templo hindu de Akshardham, com mais de 20000 figuras e motivos florais, animais, divindades hindus e com decoração de ouro. Chegada em Nova Délhi. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Visita da cidade começando pelo Templo de Água Agrasen Ki Baoli, monumento arqueológico de importância nacional; o Dhobi Ghat, lugar onde vive e trabalha a comunidade dos tradicionais lavadeiros de roupa; continuação pelo Qutab Minar ou Torre da Vitória, do século XII. Visitaremos um Templo Sikh, e o templo hindu Birla, inaugurado pelo Mahatma Gandhi. Continuamos à Velha Délhi Teremos uma vista panorâmica do Forte Vermelho de caminho à Jama Masjid, a maior mesquita da Índia, que dos seus degraus se tem uma magnífica vista panorâmica da Velha Délhi. Almoço no restaurante local. Pela tarde, visita a Porta da Índia e percurso pela área dos edifícios governamentais onde se encontram o Palácio Presidencial e o Parlamento. Visita de Gandhi Smriti (também conhecida como Birla House), a casa onde Mahatma Gandhi viveu os últimos 144 dias de sua vida (às segundas-feiras se visitará Raj Ghat, o monumento em memória de Mahatma Gandhi). Regresso ao hotel. Jantar e Acomodação.
10
  • New Delhi, Katmandu
  • Café da manhã e tempo livre até o traslado ao aeropor¬to para embarcar em vôo com destino a Kathmandu. Chegada a Kathmandu e traslado ao hotel. Jantar e Acomodação
    Nota:
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quarta-Feira, Domingo, o percurso será:Café da manhã e tempo livre até o traslado ao aeropor¬to para embarcar em vôo com destino a Kathmandu. Chegada a Kathmandu e traslado ao hotel. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã e tempo livre até o traslado ao aeropor¬to para embarcar em vôo com destino a Kathmandu. Chegada a Kathmandu e traslado ao hotel. Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã e tempo livre até o traslado ao aeropor¬to para embarcar em vôo com destino a Kathmandu. Chegada a Kathmandu e traslado ao hotel. Jantar e Acomodação
11
  • Katmandu
  • Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade, chamada cidade de glória para as atracções históricas e culturais. A visita inclui Kumari Ghar, o templo da única deusa viva em todo o mundo. Curta paragem em Kal Bhairab, morada do Deus da Destruição e do Templo de Taleju, construído em 1.549 A.D. Continuamos nossa visita com a Stupa de Swoyambhunath, uma das mais antigas stupas budistas em todo o mundo, magistralmente situado numa colina com uma vista maravilhosa sobre o vale de Kathmandu. Este lugar é apelidado de Templo de Macaco. Pela tarde visita de Patan, localizado em uma meseta que se estende sobre o Rio Bagmati, ao sul de Katmandu, amoso como um centro de belas artes e o excelente trabalho dos seus artesãos. Patan é também conhecido como Lalitpur, "cidade bonita". É essencialmente uma vila budista, da qual se afirma que foi fundada no século III A.C. pelo imperador Ashoka, embora não haja nenhuma evidência histórica disto. As inscrições que foram encontradas mostram que Patan era uma metrópole importante desde tempos muito antigos. É famosa por seu artesanato, com um museu recentemente inaugurado. Perto de este lugar se encontra também o "Templo de Krishna", o "Mosteiro de ouro" e o templo de Mahabodhi. Regresso a Kathmandu, Jantar e Acomodação
    Nota:
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quarta-Feira, Domingo, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade, chamada cidade de glória para as atracções históricas e culturais. A visita inclui Kumari Ghar, o templo da única deusa viva em todo o mundo. Curta paragem em Kal Bhairab, morada do Deus da Destruição e do Templo de Taleju, construído em 1.549 A.D. Continuamos nossa visita com a Stupa de Swoyambhunath, uma das mais antigas stupas budistas em todo o mundo, magistralmente situado numa colina com uma vista maravilhosa sobre o vale de Kathmandu. Este lugar é apelidado de Templo de Macaco. Pela tarde visita de Patan, localizado em uma meseta que se estende sobre o Rio Bagmati, ao sul de Katmandu, amoso como um centro de belas artes e o excelente trabalho dos seus artesãos. Patan é também conhecido como Lalitpur, "cidade bonita". É essencialmente uma vila budista, da qual se afirma que foi fundada no século III A.C. pelo imperador Ashoka, embora não haja nenhuma evidência histórica disto. As inscrições que foram encontradas mostram que Patan era uma metrópole importante desde tempos muito antigos. É famosa por seu artesanato, com um museu recentemente inaugurado. Perto de este lugar se encontra também o "Templo de Krishna", o "Mosteiro de ouro" e o templo de Mahabodhi. Regresso a Kathmandu, Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita da cidade, chamada cidade de glória para as atracções históricas e culturais. A visita inclui Kumari Ghar, o templo da única deusa viva em todo o mundo. Curta paragem em Kal Bhairab, morada do Deus da Destruição e do Templo de Taleju, construído em 1.549 A.D. Continuamos nossa visita com a Stupa de Swoyambhunath, uma das mais antigas stupas budistas em todo o mundo, magistralmente situado numa colina com uma vista maravilhosa sobre o vale de Kathmandu. Este lugar é apelidado de Templo de Macaco. Pela tarde visita de Patan, localizado em uma meseta que se estende sobre o Rio Bagmati, ao sul de Katmandu, amoso como um centro de belas artes e o excelente trabalho dos seus artesãos. Patan é também conhecido como Lalitpur, "cidade bonita". É essencialmente uma vila budista, da qual se afirma que foi fundada no século III A.C. pelo imperador Ashoka, embora não haja nenhuma evidência histórica disto. As inscrições que foram encontradas mostram que Patan era uma metrópole importante desde tempos muito antigos. É famosa por seu artesanato, com um museu recentemente inaugurado. Perto de este lugar se encontra também o "Templo de Krishna", o "Mosteiro de ouro" e o templo de Mahabodhi. Regresso a Kathmandu, Jantar e Acomodação
    Entre o dia 01/11/2021
12
  • Katmandu
  • Café da manhã. Pela manhã, visita a Bhaktapur, “a cidade dos devotos” onde poderá percorrer as estreitas passagens contemplando os antigos templos e casas do lugar. O tour começará com uma visita à Porta Dourada e continuaremos com o Palácio das 55 Janelas, a Porta do Leão, o Templo Nyatpola (o mais alto dentro do seu estilo em todo o Nepal), o templo de Bhairab e o templo de Dattratraya. Pela tarde, visita ao Pashupatinath, um templo hindu dedicado a Lord Shiva. Este enorme complexo está assentado às margens do rio sagrado, Bagmati. Somente está permitido o acesso ao interior do recinto deste templo aos indus, enquanto os turistas poderão contemplá-lo do lado este do rio. Depois, faremos a visita de Boudhanath, a stupa budista considerada como a maior a nível mundial. Esta enorme estrutura, tem a particularidade de contar com quatro pares de olhos, cada um orientado em direção aos quatro pontos cardeais. Regresso a Kathmandu, Jantar e Acomodaçao
    Nota:
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quarta-Feira, Domingo, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita a Bhaktapur, “a cidade dos devotos” onde poderá percorrer as estreitas passagens contemplando os antigos templos e casas do lugar. O tour começará com uma visita à Porta Dourada e continuaremos com o Palácio das 55 Janelas, a Porta do Leão, o Templo Nyatpola (o mais alto dentro do seu estilo em todo o Nepal), o templo de Bhairab e o templo de Dattratraya. Pela tarde, visita ao Pashupatinath, um templo hindu dedicado a Lord Shiva. Este enorme complexo está assentado às margens do rio sagrado, Bagmati. Somente está permitido o acesso ao interior do recinto deste templo aos indus, enquanto os turistas poderão contemplá-lo do lado este do rio. Depois, faremos a visita de Boudhanath, a stupa budista considerada como a maior a nível mundial. Esta enorme estrutura, tem a particularidade de contar com quatro pares de olhos, cada um orientado em direção aos quatro pontos cardeais. Regresso a Kathmandu, Jantar e Acomodaçao
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita a Bhaktapur, “a cidade dos devotos” onde poderá percorrer as estreitas passagens contemplando os antigos templos e casas do lugar. O tour começará com uma visita à Porta Dourada e continuaremos com o Palácio das 55 Janelas, a Porta do Leão, o Templo Nyatpola (o mais alto dentro do seu estilo em todo o Nepal), o templo de Bhairab e o templo de Dattratraya. Pela tarde, visita ao Pashupatinath, um templo hindu dedicado a Lord Shiva. Este enorme complexo está assentado às margens do rio sagrado, Bagmati. Somente está permitido o acesso ao interior do recinto deste templo aos indus, enquanto os turistas poderão contemplá-lo do lado este do rio. Depois, faremos a visita de Boudhanath, a stupa budista considerada como a maior a nível mundial. Esta enorme estrutura, tem a particularidade de contar com quatro pares de olhos, cada um orientado em direção aos quatro pontos cardeais. Regresso a Kathmandu, Jantar e Acomodaçao
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Pela manhã, visita a Bhaktapur, “a cidade dos devotos” onde poderá percorrer as estreitas passagens contemplando os antigos templos e casas do lugar. O tour começará com uma visita à Porta Dourada e continuaremos com o Palácio das 55 Janelas, a Porta do Leão, o Templo Nyatpola (o mais alto dentro do seu estilo em todo o Nepal), o templo de Bhairab e o templo de Dattratraya. Pela tarde, visita ao Pashupatinath, um templo hindu dedicado a Lord Shiva. Este enorme complexo está assentado às margens do rio sagrado, Bagmati. Somente está permitido o acesso ao interior do recinto deste templo aos indus, enquanto os turistas poderão contemplá-lo do lado este do rio. Depois, faremos a visita de Boudhanath, a stupa budista considerada como a maior a nível mundial. Esta enorme estrutura, tem a particularidade de contar com quatro pares de olhos, cada um o
13
  • Katmandu
  • Café da manhã. Dia livre até o traslado ao aeroporto para tomar o vôo a Nova Delhi. Fin de nossos serviços.
    Nota:
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quarta-Feira, Domingo, o percurso será:Café da manhã. Dia livre até o traslado ao aeroporto para tomar o vôo a Nova Delhi. Fin de nossos serviços.
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Quinta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Dia livre até o traslado ao aeroporto para tomar o vôo a Nova Delhi. Fin de nossos serviços.
    Entre o dia 01/11/2021 e 31/03/2023 saídas às Sexta-Feira, o percurso será:Café da manhã. Dia livre até o traslado ao aeroporto para tomar o vôo a Nova Delhi. Fin de nossos serviços.
R$ 18.418,12
US$ 3.713,33
+ taxas:
R$ 0,00
US$ 0,00
Ver valores para data selecionada
13 Dias • 12 Noites