Panamá – o que fazer em 3 dias?

julho 10, 2018 blogdoguru No comments exist

Conhecer a Cidade do Panamá ficou muito fácil. A Copa Airlines, companhia aérea oficial do Panamá, liga várias cidades brasileiras a capital panamenha.

Além disto, a Cidade do Panamá funciona muito bem como ponto de conexão para viagens a outros destinos da América Central, Caribe e Colômbia.

Portanto, arrume as malas e considere conhecer pelo menos 2 países na sua próxima viagem com a Copa Airlines.

Preparamos sugestão de roteiro para 3 dias no Panamá, não significando que esse seja o tempo máximo de estadia, pois tem muito mais para ver no país. Mas é um bom começo.

1º dia

É muito fácil se deslocar na Cidade do Panamá. A cidade está junto ao Oceano Pacífico e, para muitos, é a Dubai da América Central. Isto porque seu desenvolvimento foi frenético nos últimos 15 anos e fica muito fácil comprovar a comparação olhando para o skyline de arranha-céus junto ao mar.

Nosso sugestão é iniciar sua familiarização com a cidade caminhando na “Cinta Costeira”. Trata-se de aterro realizado na linha costeira ganhando terreno para faixas de circulação de veículos, com jardins e passeios para desfrute da população. Todos vem para a Cinta Costeira para caminhar, correr, andar de bicicleta, passear com as crianças, etc.

Você pode caminhar de Punta Paitilla até a cidade Colonial, se quiser. Assistir o final do dia no local é uma beleza.
skyline_panama

Nossa sugestão para a noite é iniciar apreciando cerveja artesanal na “Rana Dourada” ou um “gelato”, ambas sugestões no Casco Antigo, a área colonial recuperada da cidade. Se quiser jantar, que tal provar “ceviche com patacones” num restaurante de cozinha panamenha? O Restaurante Diablicos está na área colonial.

2º dia

Aproveite a parte da manhã para realizar o passeio da cidade (City Tour). Você vai começar pelo Centro de visitantes do Canal do Panamá, onde está uma das eclusas utilizadas, Miraflores, pelos navios para fazer o trânsito no canal. Você ficará encantando com esta obra de engenharia grandiosa que encurta as viagens das embarcações em pelo menos 30 dias. No centro de visitantes, visite também o Museu que conta a história da construção do canal e assista o documentário de 10 minutos.
canal_do_panama

A continuação do passeio irá levá-lo por território que pertenceu aos Estados Unidos, país que construiu o canal e o explorou até 1999. Vai conhecer o Amador Caseway, acesso sobre o mar similar aos que ligam Miami a Key West na Flórida, ligando o continente às Ilhas Naos, Perico e Flamenco. Se você for um fanático por compras, prepare-se. Na Ilha Famenco está o Free Shop com todo tipo de mercadoria e excelentes preços. O Caseway e as ilhas são ótimos locais para desfrutar de bares, restaurantes, caminhadas e pedaladas.

O City Tour irá finalizar no Casco Antigo da Cidade do Panamá. Este é o segundo local para onde os moradores se trasladaram depois que a primeira cidade foi incendiada quando do ataque do Corsario Henry Morgan. O local segue em processo de restauração dos edifícios e você com muita segurança poderá caminhar e descobrir lojas, ateliês, museus, hotéis, restaurantes, etc.
casco_antigo

Na parte da tarde, nossa sugestão é ir às compras, afinal ninguém é de ferro e o Panamá tem ofertas incríveis. Nossa sugestão é o Centro Comercial Multiplaza. Atenção para os horários, as lojas ficam abertas até as 20:00h. Aproveite para jantar num dos restaurantes daqui, que obviamente ficam abertos até mais tarde.

3º dia

Reservamos para hoje a sugestão de duas atrações culturais: as ruínas e museu da Primeira Cidade do Panamá, conhecida como “Panamá la Vieja” e o Museu da Biodiversidade.

Apesar de serem sugestões culturais, o programa é bem suave e com muitas paisagens interessantes.

“Panamá La Vieja” é hoje tombada pela Unesco como Patrimônio da Humanidade. Trata-se das ruínas arqueológicas da primeira cidade, fundada em 1519. A cidade se transformou em importante centro de convergência de ouro e prata extraídos das colônias antes serem trasladados a Espanha. Isto atraiu a ambição de piratas e corsários. Em 1670, Henry Morgan e 1400 homens, atacaram e queimaram a cidade.
casco_antigo

Já o Museu da Biodiversidade celebra a importância do Panamá como corredor de humanos e animais entre o sul e o norte, funcionando como uma ponte para a vida das espécies. O museu está instalado em edificação desenhada e projetada pelo famoso arquiteto Frank Gehry, o mesmo que desenhou o Museu Guggenheim em Bilbao. A técnica museológica é espetacular e você poderá utilizar áudio-guia em português, além do apoio de jovens monitores muito bem preparados. A visita é excelente.
museu_biodiversidade

Aproveitamos para dar algumas dicas sobre hospedagem. Nossa sugestão é escolher um dos hotéis localizados próximos a Cinta Costeira, o que permitirá deslocamento fácil para várias partes da cidade, além de proximidade do parque de mesmo nome. Nesta área estão o Radisson Decapolis, o Las Maricas Golden, O Hard Rock Decapolis, entre outros.
hard_rock_decapolis

Outra localização que recomendamos é o Casco Antigo da Cidade, ambiente mágico, tanto de dia como à noite. Nossa sugestão aqui é o charmoso hotel Central.
hotel_central
Consulte nossa equipe para tirar todas as suas dúvidas e conheça as opções que oferecemos.

Tags:,

Deixe uma resposta